Arquivo do mês: fevereiro 2008

Wendell City


O google é mesmo o grande Oráculo da internet. Quando digitei meu nome na pesquisa de imagens olhem só o que achei.

wendell-sign.jpg

Isso mesmo, uma cidade chamada Wendell que fica no estado de Minessota nos EUA. Eles tem até um site na internet.

Visitem -> http://www.cityofwendell.net/

Informática na Educação


Em 2003, quando decidi prestar o vestibular, escolhi um curso chamado Licenciatura em Informática. Como já havia passado por uma experiência de instrutor em cursos de informática, esse me pareceu um curso adequado as minhas habilidades. Mas como nada é perfeito, havia um pequeno problema, o curso seria em outra cidade. Passei no vestibular e comecei a fazer o curso, mas logo percebi que não seria fácil, estas e outras dificuldades me levaram a transferência para minha cidade. Mas esta pequena derrota nunca tirou da minha cabeça a vontade que tinha em trabalhar novamente com Educação.

No ano passado, após terminar meu curso de graduação, encontrei um curso de pós-graduação que se encaixou como uma luva em minhas pretensões. Informática em Educação na Universidade Federal de Lavras – MG. O curso é ministrado à distância através de apostilas e também pela internet, dois encontros presenciais são realizados durante o curso. O primeiro será agora em Março e terá a duração de quatro dias. Estou ansioso para conhecer a universidade e também os colegas de curso, tenho certeza que será uma ótima oportunidade de trocar idéias e experiências. Acredito que essa seja uma forma de agregar conhecimento, mesmo não sendo da área de educação, me identifico muito com os professores. Nos próximos post´s vou falar mais sobre o assunto e tentar passar um pouco do que estou aprendendo.

Ossos do ofício


 

Computador Maluco

A famosa Lei de Murphy diz: “Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível”.

Ontem pude perceber o quanto a Lei de Murphy se aplica bem na informática e tecnologia. Estava em casa sentado na minha poltrona na sala, ouvindo no meu radinho de pilha o jogo entre o Anápolis F.C. contra o Novo Horizonte de Ipameri. De repente, o telefone toca, me levanto rapidamente e vou atender, era o meu chefe perguntando pelas chaves dos rack’s, respondi e logo depois perguntei o que estava acontecendo, ele então me disse que um raio havia atingido a rede elétrica do hospital e alguns equipamentos de rede como hub’s e switches pararam de funcionar.

Ofereci ajuda e ele aceitou. Peguei minha velha bicicleta, fechei a casa e saí debaixo de uma fina chuva para “socorrer o hospital”. Depois de algumas boas pedaladas cheguei ao local, de bermuda, camiseta e chinelos. Passei pelo portão dos fundos e logo me deparei com a equipe de manutenção que já havia restabelecido o fornecimento de energia e estava avaliando os possíveis estragos causados pelo raio.

Guardei a bicicleta e fui direto ao CPD, logo que entrei vi meu chefe mexendo no switch principal, ele tirava cabos e os conectava novamente em outras portas do switch. Perguntei como estava a situação naquele momento, ele me disse que o raio havia queimado algumas portas do switch e também a placa de rede de um dos servidores. O switch do laboratório de analises clinicas do hospital estava funcionado mas não se comunicava com o switch do CPD, este problema estava causando outro em cascata, pois o hub do pronto-socorro é ligado ao switch do laboratório, ou seja, ele também não se comunicava com o switch do CPD.

Corri para o laboratório, encontrei o rack aberto e dentro dele um hub que meu chefe havia colocdo lá para fazer um teste, procurei o cabo de rede que vinha do switch do CPD e fui testando em cada porta do switch do laboratório, mas sem sucesso. Meu chefe então ligou e pediu para fazer um teste usando o hub que estava lá. Fiz o teste conectando um computador do laboratório ao hub e também o cabo que vinha do switch do CPD, funcionou. Resolvi então realizar outro teste, conectei todos os cabos novamente no switch e o desliguei, liguei novamente e fiz um teste “pingando” o endereço de um dos servidores localizados no CPD, funcionou. Pronto, o switch do laboratório estava se comunicando com o switch do CPD, agora faltava verificar o pronto-socorro.

Em um hospital como o que eu trabalho o pronto-socorro tem um movimento muito grande, principalmente em épocas como esta, e como a recepção do paciente é feita de forma informatizada, a falta dos computadores e dos sistemas causa um transtorno enorme para funcionários e pacientes. Desta forma a infra-estrutura tem que estar disponivel 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Cheguei ao pronto-socorro e notei que haviam poucas pessoas esperando atendimento, mas isso não diminuiu a minha preocupação. Perguntei à um dos recepcionistas se o sistema estava funcionando, ele me respondeu que apenas um dos computadores estava acessando o sistema (no pronto-socorro existem 4 computadores). Procurei então verificar a situação dos outros computadores, no primeiro tentei acessar o sistema e consegui sem maiores problemas, no segundo tive que mapear novamente a pasta do sistema no servidor, funcionou, no terceiro notei que o ícone que mostra a conectividade com a rede estava mostrando a mensagem “cabo de rede desconectado”. Verifiquei o cabo até o hub, troquei de porta mas nada de conectar. Liguei então para o meu chefe no CPD, ele então sugeriu que eu levasse o computador para lá. Retirei todos os cabos e levei apenas o gabinete para o CPD, ao chegar encontrei meu chefe retirando a fonte de energia de um dos servidores, segundo ele, o cooler da fonte havia parado de funcionar e a fonte havia queimado.

Coloquei o gabinete do pronto-socorro em minha mesa de trabalho, retirei o gabinete do meu computador e conectei teclado, mouse, monitor e cabo de rede no outro gabinete. Liguei o computador e após acessar o sistema operacional, pude perceber que a placa de rede estava funcionando corretamente. O problema então poderia estar no cabo de rede que ligava o computador ao hub. Peguei alguns metros de cabo UTP, crimpei as duas pontas e levei o gabinete e o cabo para o pronto-socorro.

Instalei o gabinete em seu lugar e conectei o cabo a ele e ao hub, funcionou, ufa. Com o pronto-socorro totalmente conectado e com o sistema funcionando novamente, voltei ao CPD, ao chegar verifiquei que meu chefe havia resolvido o problema de um dos servidores.

Com todos os sistemas funcionando novamente, pude enfim voltar para casa e refletir sobre o acontecido. Sei que muita gente que esta lendo este texto agora, já deve ter passado por alguma situação parecida com esta, ou até mesmo pior. Sair de casa no meio da noite ou ficar até mais tarde no trabalho por conta de um problema que precisa ser resolvido com urgência é “osso duro de roer”, mas é nestas horas que podemos ver quem é mesmo PROFISSIONAL ou apenas mais um FUNCIONÁRIO.

Há, eu já ia me esquecendo, o Anápolis F.C. ganhou de 3 a 1 do Novo Horizonte.

Um grande abraço a todos e um ótimo Carnaval.

Projeto IEED


No final do ano passado comecei um projeto junto com um colega da faculdade. O projeto era criar um portal de ensino à distância onde as pessoas pudessem encontrar cursos a preços acessíveis e principalmente focados na prática. Essa ideia surgiu de uma carência que detectamos em nossa cidade de cursos mais especificos em determinadas áreas.

Ao procurar cursos mais especializados, encontramos dificuldades pois eles existem nos grandes centros como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, etc. Mas se houvesse uma forma de fazer estes cursos pela internet, não precisaríamos sair de casa e faríamos o curso na hora que fosse mais cômodo.

Então começamos a colocar em prática nossa idéia. Vamos oferecer cursos de excelência em várias áreas e totalmente virtuais, ou seja, o aluno poderá estudar na hora em que ele desejar e sem sair de casa.

O portal já está pronto e o AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) já está instalado e funcionado, vamos usar o MOODLE, um software livre muito bom e fácil de usar.

Estamos trabalhando duro para oferecer cursos com qualidade e que atendam as espectativas dos alunos.

O endereço do portal é http://www.ieed.com.br