Arquivo da categoria: Dicas

Dicas de informática em geral

Software Livre e Edição de Vídeo


Antes de iniciar este post sobre “Software Livre e Edição de Vídeo” quero deixar claro que não sou um expert no assunto e como a grande maioria das pessoas, procuro uma forma simples e fácil de usar o computador nas minhas tarefas cotidianas.
Esta história começa no dia 15 de agosto de 2011, quando ajudei a realizar no IFG campus Inhumas, o Dia da Informática, evento comemorativo que contou com a participação de professores, alunos e palestrantes convidados.
A idéia era filmar o evento para ter um histórico das palestras e depois compartilhar com aqueles que não tiveram a chance de assistir as apresentações ao vivo.
As imagens foram gravadas em formato .MTS que é gerado a partir de uma filmadora digital. Meu primeiro desafio foi encontrar um Software Livre para converter as imagens neste formato para outro que fosse mais popular.
Pesquisando na internet, encontrei o programa WinFF que na verdade é uma interface gráfica do programa de linha de comando FFMPEG que converte vários formatos de vídeo. Verifiquei que o programa tinha pacotes de instalação para Debian, Ubuntu, RedHat e até o MS-Windows. Instalei o programa no Ubuntu 11.04 da seguinte forma:

sudo apt-get install winff

Após a instalação, abri o programa e obtive a seguinte tela.

Para selecionar os arquivos MTS dei um cliqe no botão Adicionar (+) e após selecionar e abrir os arquivos dei um clique no botão Converter. Algumas horas depois todos os arquivos estavam convertidos em formato MPEG.

É importante dizer que antes de converter os arquivos é possível escolher o tipo de arquivo que se deseja obter. Isto pode ser feito através da opção Detalhes de Saída. Eu escolhi Converter = DVD, Presets = NTSC DVD HQ Widescreen

Com os arquivos devidamente convertidos em formato MPEG, utilizei outro Software Livre chamado Avidemux para “mesclar” as cenas e formar um único arquivo editável para o meu trabalho. A instalação deste programa é bastante simples e pode ser feita diretamente na Central de Programas do Ubuntu.

Para “mesclar” as cenas é preciso apenas abrir o primeiro arquivo, o programa solicita indexar os arquivos e depois um append para “juntar” todos os arquivos em um só. Este processo é um pouco demorado e depende do tamanho e da quantidade de arquivos que se deseja “mesclar”.

Após terminar o processo todas as cenas ficam corretamente alinhadas em sequência de acordo com o nome do arquivo. Por exemplo, no meu caso os arquivos MPEG estavam na seguinte sequência. 00032, 00033, 00034, etc.

Após realizar este procedimento, obtive um arquivo de cerca de 8 horas de gravação, então começei a segunda parte do trabalho, cortar as cenas de acordo com cada atividade realizada durante o evento. Palestra por palestra.

Para realizar esta tarefa precisei apenas marcar o ínicio de cada cena e o fim da mesma, para isso utilizei dois botões que ficam localizados no rodapé da tela do Avidemux, A para marcar o ínicio e B para marcar o fim. Este precedimento também pode ser realizado pelas teclas de atalho [ para marcar o ínicio e ] para marcar o fim da cena.

Após marcar cada cena, fui “salvando” os vídeos em formato AVI em arquivos separados de acordo com cada corte feito no filme.

Acredito que esta seja uma tarefa simples, mas para min, o mais importante é que pude realizá-la utilizando apenas Software’s Livres.

Nos próximos posts vou ensinar como utilizar outro Software Livre bastante interessante para quem gosta de trabalhar com vídeos em casa. O OpenShot.

Abraços e até a próxima!

Instalando MySQL Workbench no Ubuntu 9.04


1. Passo

Clique no menu AplicativosAcessóriosTerminal

2. Passo

Digite o seguinte comando abaixo:

sudo wget http://mysql.oss.eznetsols.org/Downloads/MySQLGUITools/mysql-workbench-oss-5.2.4-1ubu904-i386.deb

3. Passo

Digite o seguinte comando abaixo para instalar os pacotes necessários para a instalação do MySQL Workbench

sudo apt-get install python-crypto phython-paramiko python-pexpect

4. Passo

Digite o seguinte comando abaixo para instalar o MySQL Workbench

sudo dpkg -i mysql-workbench-oss-5.2.4-1ubu904-i386.deb

5. Passo

Para acessar o MySQL Workbench clique no menu AplicativosProgramaçãoMySQL Workbench


Lá fora, a Dell anunciou hoje o lançamento de uma nova linha de netbooks voltada ao mercado educacional com tela de 10,1″: são os multicoloridos Dell Latitude 2100, que levam de volta o conceito original de netbook (alguém lembra do laptop de 100 dólares?) à escola. Algumas configurações dele têm tela sensível ao toque (bem bacana para um netbook, certo?).

A configuração está na média dos netbooks atuais: processador Intel Atom N270, opções de Windows XP, Vista Home Basic ou Ubuntu, tela de 10,1″ (com touchscreen opcional), porta Gigabit Ethernet, Wi-Fi, discos rígidos ou SSD, leitor de cartões de memória 3-em-1, porta VGA e webcam. O acabamento é reforçado e vem em cinco cores (com seus nomes incríveis): School Bus Gold, Chalkboard Black, Ball Field Green, Blue Ribbon e Schoolhouse Red. (…) (via zumo.uol.com.br)

Limpando a fila de impressão com ajuda de comandos de lote


Frequentemente sou chamado pelos usuários para solucionar problemas relacionados a impressão. Na maioria das vezes o problema está em um serviço chamado Spooler, presente no Windows XP.

Mesmo que o usuário tente cancelar um arquivo que está na fila de impressão ele continua aparecendo e não deixa que outras impressões na fila continuem seu caminho para a impressora. Procurando na internet achei algumas soluções e resolvi criar um arquivo de lote (.BAT) para facilitar a execução dos comandos que pode ser feito apenas com um duplo clique no referido arquivo. Então mãos a obra:

1. Clique no botão Iniciar – Executar;

2. Digite o comando CMD e pressione ENTER;

3. Digite o comando EDIT LIMPA.BAT;

4. O comando anterior irá criar um arquivo de lote chamado LIMPA.BAT;

5. Digite os comandos a seguir:

@echo off
net stop spooler
cd %systemroot%system32\spool\printers
del /f /s *.SHD
del /f /s *.SPL
net start spooler
exit

6. Para salvar o arquivo pressione ALT+A e selecione a opção Salvar.

7. Faça um teste com o arquivo digitando a palavra LIMPA e pressionandoa tecla ENTER.

8. Crie um atalho para este arquivo na área de trabalho e pronto.

Ajustando alinhamento na impressora Epson LX-300+


A impressora matricial Epson LX-300+ é bastante utilizada em empresas de diversos segmentos. Aqui no hospital onde trabalho existem impressoras deste modelo em vários setores, imprimindo os mais variados tipos de documentos e relatórios. No laboratório de análises clinicas elas tem a tarefa de imprimir os exames dos pacientes, mas as vezes apresentam problemas quanto ao alinhamento da impressão. Para resolver este problema é preciso configurar a impressora usando seu próprio painel frontal. Neste post vou explicar como fazer isso de forma mais simples possível, então vamos lá:

1º Passo

Desligue a impressora

2º Passo

Pressione o botão Pause e sem soltá-lo ligue a impressora

3º Passo

A impressora irá imprimir uma folha contendo instruções em vários idiomas (inclusive português)

4º Passo

A impressora irá imprimir também uma especie de gabarito onde serão mostrados números de 1 a 25 e seus respectivos códigos representados por 3 leds

5º Passo

Uma última folha será impressa mostrando diversos tipos de alinhamento numerados de 1 a 25

6º Passo

Escolha o melhor alinhamento possivel dentre as 25 opções disponiveis e anote o número

7º Passo

Agora procure no gabarito o número que você anotou e veja como estão os leds

8º Passo

Para que os leds possam ficar de acordo com o gabarito que você escolheu, pressione as teclas LF/FF e Load/Eject até que eles fiquem iguais ao exemplo que está na folha.

9º Passo

Pronto, agora é só pressionar a tecla Tear Off para finalizar a escolha da configuração

10º Passo

A impressora irá imprimir uma nova folha contendo os 25 tipos de alinhamento e repita os passos 6, 7, 8 e 9.

Espero que esta dica possa ajudar outras pessoas,

Um abraço a todos,

Problemas para abrir planilhas no Excel


Sinceramente eu prefiro o BROffice.org, mas nós profissionais de TI, temos que ser democráticos e respeitar o direito do usuário de usar o software que ele quiser. Aqui no hospital onde trabalho a maioria dos funcionários (médicos, enfermeiras, etc) usam o Microsoft Office e muitas vezes eu me deparo com alguns problemas relacionados a este pacote de aplicativos. Neste post vou ensinar como resolver um problema que já deve ter ocorrido com alguns de vocês. O problema ocorre mais ou menos assim:

Você tenta abrir uma planilha “clicando” duas vezes sobre o arquivo, o Excel abre, mas a planilha não. Mas se você abrir primeiro o Excel e depois clicar em Arquivo – Abrir e selecionar o arquivo, a planilha é aberta sem maiores problemas.

Para resolver este problema deve-se seguir os seguintes passos:

  1. Dê um duplo clique no ícone Meu computador na área de trabalho do Windows;
  2. Clique no menu Ferramentas – Opções de Pasta – Tipos de arquivo;
  3. Em Tipos de arquivo registrados, procure pela Extensão XLS – Planilha do Microsoft Excel;
  4. Selecione a extensão e clique no botão Excluir e depois no botão OK;
  5. Agora clique no botão Iniciar – Executar;
  6. No campo Abrir digite o comando regedit. ATENÇÃO : O regedit serve para editar o registro do Windows, qualquer erro pode causar o mal funcionamento do sistema.
  7. Agora clique em HKEY_CURRENT_USER – Software – Microsoft – Office;
  8. Preste atenção em uma pasta com números, 8.0, 11.0, 12.0, eles representam a versão do Microsoft Office que você está usando. Por exemplo: 11.0 = Office 2003, 12.0 = Office 2007
  9. Clique na pasta com números, depois selecione a pasta Excel;
  10. Clique com o botão direito do mouse na pasta Excel e escolha a opção Renomear;
  11. Altere o nome da pasta para OldExcel, ou qualquer outro nome que desejar;
  12. Clique no menu Arquivo – Sair;
  13. Agora escolha uma planilha do Excel qualquer e dê um duplo clique na mesma para abrir, se preferir você pode também dar um clique com o botão direito do mouse sobre ela e escolher a opção Abrir com. Selecione o Excel e clique no botão OK;

Pronto!!!

Espero que esta dica possa ajudar outras pessoas. Um grande abraço e até a próxima.

P.S.: Se você quiser baixar a última versão do BROffice, clique aqui.

Instalando o pidgin


O pidgin é um programa de mensagens instantaneas que substitui o Gaim. Neste pequeno tutorial vou ensinar como instalar o pidgin no Ubuntu.

1) Primeiro vamos remover o Gaim que vem instalado no Ubuntu como software padrão de mensagens instantaneas.

sudo apt-get remove gaim gaim-data

2) Agora vamos incluir uma linha no arquivo /etc/apt/sourcers.list

deb http://deb.desire.ch/ etch pidgin

3) Agora vamos atualizar o apt-get

sudo apt-get update

4) Agora vamos instalar o pidgin

sudo apt-get install pidgin pidgin-data

5) Para verificar se a instalação foi realizada com sucesso

Aplicações – Internet – Mensageiro da Internet Pidgin